Share Button

Veneza é uma cidade linda e romântica em qualquer época do ano, é verdade. Mas, sem deixar que o clima de romantismo se esvaía pelo ar, os venezianos também sabem fazer belas e animadas festas!

A primeira vez que comemorei a chegada do Ano-Novo na Europa foi justamente em Veneza. A bem da verdade, temia – e muito – o frio, sobretudo porque me deparei com o inverno mais rigoroso dos últimos 100 anos!!! Pois bem, como missão dada é missão cumprida, tratei de me “equipar” bem e saí para a batalha. Em direção à Piazza San Marco, coração da cidade e palco da festa de Réveillon, peguei o maior trânsito de pedestres que vi na vida! O ritmo do passo era lento, mas pian piano chegamos todos lá. A minha primeira sensação foi de estupor. Já tinha visitado Veneza em outras ocasiões, mas jamais pensei em ver a San Marco tão cheia como naquela noite. Comecei a buscar uma lembrança remota de professores de Física explicando que dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo. Bobagem! Os festeiros de Veneza desafiaram com sucesso essa lei da Física!

Após 15 minutos de um belo espetáculo de fogos e uma garrafa de Bellini sempre à mão, a festa continuou embalada madrugada adentro ao som de uma banda local. Frio? A essa altura eu já estava suando de tanto calor!!!

Beijos e até a próxima!