Share Button

O inverno na Itália só vai começar no próximo dia 21, mas na minha percepção ele já começou há algumas semanas. As temperaturas estão cada vez mais baixas, inclusive ficando negativas em alguns dias. Já os dias, estão cada vez mais curtos. Nessa época, amanhece tarde, por volta das 08:30 da manhã, e começa a escurecer bem cedo, entre 16:30 e 17:00 horas. O corpo e a mente sentem essa grande mudança. Eu, particularmente, “funciono” melhor com a luz do dia e, melhor ainda, se rolar um solzinho reluzente!

No primeiro inverno na Itália sofri bastante por causa dos dias curtos, confesso que em alguns dias bateu aquela tristeza e uma vontade louca de voltar para o Brasil para curtir o verão. Agora, estou me acostumando, mas ainda acho um pouco deprimente olhar para a janela no final do dia e já ver que é noite. O frio convida as pessoas a se recolherem mais cedo, então andar pelas ruas às 8 horas da noite causa a impressão de estar fazendo um tour pela madrugada, de tão desertas que ficam as ruas nessa época. Me espantei pelo fato de as lojas não fazerem horário estendido nos dias que antecedem o Natal, mas me explicaram que mesmo que o fizessem, as pessoas não iriam fazer suas compras depois das 8 da noite. Passei a compreender melhor esse fato quando nem mesmo eu sentia vontade de sair de casa à noite.

Ainda sinto falta da agitação do verão, da luz do dia que se prolonga até às 10 horas da noite e do burburinho das pessoas pelas praças da cidade. Mas já que o verão está longe de retornar, vou me adaptando ao ritmo que dita o inverno, com seus vários encantos… Um banho de banheira com sais, uma lasagna apetitosa e quente e muitas taças de vinho me ajudam a aquecer nesse inverno. A Itália é mesmo linda e especial em qualquer estação do ano!