Share Button

Após 1 semana da minha chegada na Itália, finalmente me sinto em casa! Fuso horário, nova rotina, novos horários, novos ambientes, tudo me fez sentir um pouco perdida. Mas agora que vejo o meu armário arrumado – e cheio – não tenho dúvidas de que estou em casa! Vestidos de noite? Tem! Roupas para trabalhar? Tem! Roupas para ficar em casa? Tem! Casacos para aguardar o inverno que daqui a pouquinho chega? Também tem! Sento e fico ali olhando o meu armário organizado por um bom tempo, pensando em como dessa vez a minha estadia na Itália é diferente, não tenho mais aquela sensação de turista, de visitante temporária, já me sinto “de casa”.

Fui agraciada por poder morar e trabalhar na região de Franciacorta, uma das mais bonitas da Itália. Tomo café da manhã com vista para as montanhas ao fundo, o céu é de um azul inebriante! Confesso que no início não era uma grande apaixonada por Franciacorta, mas aos poucos ela foi me conquistando, com suas cidadezinhas belas e tranquilas. A menos de 10 kms está o Lago di Iseo, um espetáculo de beleza! Caminhar ao longo do lago é uma das melhores atividades que uma pessoa pode praticar, pois além de fazer bem ao físico, também faz um bem enorme à mente! Nas redondezas o cenário cinematográfico dos vários vinhedos e das vilas antigas encanta aos seus moradores e visitantes. Não por acaso, Franciacorta foi a escolha de tantos nobres italianos para construir suas belas e grandes vilas de verão.

A água que chega às casas vem diretamente das montanhas. Penso na crise hidríca de São Paulo e agradeço por ter água boa em abundância aqui! A poucos metros da minha casa tem uma fonte pública com água potável, podendo escolher entre água natural e gaseificada, ambas geladas. Um luxo a custo zero!!! Nos dias mais quentes se formam filas de transeuntes, moradores e ciclistas que fazem uma pausa para se refrescarem.

A noite chega e me embasbaco com o céu estrelado. Nunca havia visto um céu assim! Vivendo em São Paulo, me habituei a viver com pressa, sem tempo para observar as pequenas coisas do dia a dia, aqui isso está mudando. Dou uma última olhada no céu estrelado e vou para cama, o silêncio encantador da Franciacorta me convida a ter uma tranquila noite de sono.