Share Button

Nessa semana a Itália, de sul a norte, está em polvorosa com as liquidações de inverno! Muita gente tem esperado passar as festas de fim de ano para fazer suas compras, já que os descontos realmente valem a pena. Mesmo os outlets, que oferecem constantemente preços discount, estavam propondo descontos de até 60% sobre os valores já com desconto, o que em alguns casos significa levar um produto por 30% do valor normal!

A poucos passos de casa tem um outlet com marcas para todos os gostos e bolsos, onde dei uma passadinha na segunda para fazer um “reconhecimento da área”. Na terça de manhã, primeiro dia de liquidação na região, voltei ao outlet com a minha listinha gravada na memória, pensando ser a mais esperta de todos. Mas, quando cheguei ao estacionamento e tive que dar várias voltas até encontrar um carro saindo para estacionar na vaga ainda quente, percebi que existiam muitas pessoas espertas como eu. Pessoas de várias cidades da Itália e até de fora vieram aproveitar as liquidações para fazer suas comprinhas em Franciacorta!

Sem perda de tempo, fui diretamente atrás dos itens da minha lista sem me importar em pegar fila no provador ou procurar eu mesma o meu número. Apenas na hora de passar no caixa é que me dei conta de que tinha sido contaminada pelo vírus da barganha. Acabei cedendo aos encantos dos descontos sobre os descontos e comprei mais do que pretendia. Mas como resistir a um tênis de corrida Puma por R$ 90,00? E isso porque o câmbio é muito desfavorável nesse momento!

Mesmo as grandes grifes italianas têm suas lojas em outlets, oferecendo descontos de até 70% sobre o valor normal. Eu mesma já comprei calças Prada de lã virgem por pouco mais de R$ 300,00! O melhor de tudo é que as lojas das grandes grifes nem parecem ser de outlets. Os vendedores são, no mínimo, bilíngues, as vitrines e prateleiras impecáveis, os produtos de altíssima qualidade vêm com certificado de garantia. A diferença substancial é mesmo nos preços, que passam a ser acessíveis para os simples mortais, mesmo em época de Real valendo pouco.